theNet by CLOUDFLARE

Conectividade any-to-any para empresas

Conectar a rede corporativa de forma confiável

Para a TI corporativa, uma conectividade confiável pode representar um desafio considerável. Nuvens públicas, nuvens privadas, redes públicas, redes privadas, aplicativos SaaS, aplicativos auto-hospedados, data centers no local e milhares de dispositivos dispersos, gerenciados e não gerenciados precisam se conectar entre si com segurança para que as organizações continuem produtivas. Além disso,, historicamente, precisam fazer isso por meio de uma combinação de rotas MPLS, linhas alugadas, conexões com a internet pública, VPNs, LANs e WANs.


O problema: complexidade

Esses ambientes complexos se tornaram comuns. Porém, os problemas de compatibilidade, os requisitos de conformidade e o uso de vários fornecedores com pilhas de tecnologia díspares tornam quase impossível conectar tudo e todos. As equipes de tecnologia se encontraram lutando para manter o ambiente existente e, ao mesmo tempo, com falta de recursos para projetar uma arquitetura que possibilitasse o crescimento dos negócios.

Em vez de agregar valor, a TI tem ficado à deriva.

As empresas precisam de uma conectividade fácil, rápida e segura para suas redes, nuvens e endpoints, independentemente de onde a conexão ocorre ou do que está sendo conectado, e a TI precisa ser capaz de se concentrar na criação de processos, políticas e infraestrutura para o futuro, não apenas para o presente.

Em outras palavras, as empresas e suas equipes de TI precisam da conectividade "any-to-any": de qualquer usuário, qualquer dispositivo, para qualquer rede e qualquer aplicativo. Além disso, precisam eliminar as fontes de complexidade da rede para atender às suas diversificadas necessidades de rede.



Degradação dos resultados de negócios

Os desafios enfrentados atualmente pelas equipes de tecnologia levaram um chefe de SRE e Tecnologia de Nuvem a comentar o seguinte: "A simples tarefa de manter as pessoas online [cria] uma série de gargalos administrativos".

Em 2023, a Forrester Research realizou uma pesquisa sobre os efeitos de um ambiente digital mais complicado. Dos 449 tomadores de decisão de TI pesquisados, 39% afirmaram "sentir que estão perdendo o controle", o que não é nenhuma surpresa: outro estudo descobriu que as empresas com mil funcionários ou mais usam, em média, mais de 150 aplicativos SaaS diferentes.

E não é apenas o número de aplicativos ou a variedade dos tipos de redes que estão aumentando. De acordo com a mesma pesquisa da Forrester, "48% dos entrevistados afirmam que estão lutando para dar suporte aos tipos de usuários em constante evolução e a um número crescente de usuários".

Adicionar uma série de usuários que sobrecarregam os recursos de TI em um ambiente que já é complexo é mais do que apenas um inconveniente ou um desafio administrativo: trata-se de um entrave ativo para os negócios. Esses problemas, de acordo com a Forrester, irão afetar "a experiência dos funcionários, a produtividade, a vantagem competitiva, o time-to-market e (...) o perfil de risco de modo geral".


A conectividade any-to-any

A conectividade any-to-any descreve um ambiente em que qualquer nuvem, data center ou rede podem se interconectar com facilidade e as políticas de segurança da organização são implementadas, tudo isso sem atrito para os usuários nem problemas de compatibilidade para a infraestrutura subjacente. Em outras palavras, um funcionário pode abrir seu dispositivo e começar a trabalhar a qualquer hora e em qualquer lugar, e a TI pode integrar novos usuários e fornecer novos recursos habilitando serviços, o que reduz consideravelmente o tempo necessário para obter produtividade.

Com redes e nuvens operando em lugares diferentes, existe algum modelo de unificação que torne isso possível?

A solução está em uma "camada de conectividade" dedicada que seja nativa da internet, mas compatível com as redes e a infraestrutura no local e distribuída globalmente para chegar à força de trabalho moderna. Essa camada de conectividade deve ser capaz de oferecer suporte aos usuários, dispositivos e aplicativos em toda a infraestrutura da organização, no local e baseada em nuvem.

De acordo com a Forrester, 58% dos líderes de TI afirmam que esse tipo de conectividade any-to-any (de qualquer um para qualquer um) impulsionaria a produtividade. Outros 48% afirmam que a conectividade any-to-any reduziria os custos de TI. Mais produtividade, menos custos: parece ser um caminho consistente para avançar.

Com a conectividade any-to-any, a TI poderia dedicar menos tempo a garantir a conectividade e confiabilidade e mais tempo a criar uma infraestrutura para favorecer iniciativas futuras. O restante da empresa poderia se expandir e inovar com a rapidez desejada, podendo incluir a integração de mais usuários com segurança e, ao mesmo tempo, criar novos recursos e serviços em uma rede global — como descobriu uma empresa de software que começou a utilizar a conectividade any-to-any.

As organizações com conectividade any-to-any estão preparadas para expandir a computação em nuvem, retornar ao trabalho no escritório ou qualquer outra mudança de ambiente sem precedentes.

O aumento da produtividade, a redução de gargalos e um menor desperdício de tempo são objetivos que vale a pena perseguir. Porém, mais do que isso, exercem um grande impacto sobre o tempo dedicado à inovação e, consequentemente, a capacidade da empresa de acompanhar ou superar a concorrência.


Conexão any-to-any com a Cloudflare

A Cloudflare criou a primeira nuvem de conectividade a oferecer conectividade any-to-any, uma plataforma unificada e inteligente de serviços programáveis nativos da nuvem. Embora seus recursos não se limitem a isso, o importante, do ponto de vista da rede, é que se trata, essencialmente, de uma plataforma para conectar qualquer coisa a qualquer coisa. Por exemplo, um trabalhador remoto usando um notebook conectado à internet pública pode se conectar a um servidor no local por meio da conectividade any-to-any usando uma rede segura, programável e independente de infraestrutura.

A nuvem de conectividade da Cloudflare permite que a TI retome o controle de seus ambientes, do gerenciamento de acesso e de seu tempo.

Este artigo é parte de uma série sobre as tendências e os assuntos mais recentes que influenciam os tomadores de decisões de tecnologia hoje em dia.


Saiba mais sobre esse assunto

Saiba mais sobre como um novo tipo de nuvem consegue domar a complexidade da TI e da segurança na pesquisa da Forrester intitulada Como recuperar o controle com uma nuvem de conectividade.

Get the research!



Principais conclusões

Após ler este artigo, você entenderá:

  • Por que o complexo ambiente digital se tornou um obstáculo para as empresas

  • O que significa conectividade any-to-any

  • Como a simplificação da conectividade resulta em recuperação da produtividade perdida e inovação mais rápida


Recursos relacionados


Receba um resumo mensal das informações mais populares da internet.