O que é o Digital Experience Monitoring (DEM)?

O Digital Experience Monitoring (DEM) é o processo de rastreamento, descoberta e otimização das experiências internas ou externas do usuário final.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Explicar o que é o Digital Experience Monitoring
  • Entenda como o DEM funciona
  • Saber como o DEM pode ajudar as organizações

Conteúdo relacionado


Quer saber mais?

Assine o theNET, uma recapitulação mensal feita pela Cloudflare dos insights mais populares da internet.

Consulte a política de privacidade da Cloudflare para saber como coletamos e processamos seus dados pessoais.

Copiar o link do artigo

O que é Digital Experience Monitoring?

O Digital Experience Monitoring (DEM) é um software que permite às organizações rastrear, descobrir e otimizar as experiências do usuário final. O DEM ajuda as organizações a observar as experiências minuto a minuto de seus usuários finais e permite que as organizações identifiquem e resolvam problemas rapidamente. O DEM pode ser usado para usuários finais internos, como funcionários remotos e no escritório, ou para usuários finais externos, como clientes.

Como funciona o Digital Experience Monitoring?

O software DEM ajuda os líderes de TI a usar dados históricos e preditivos sobre problemas de rede, lentidão de desempenho e interrupções de aplicativos que afetam a experiência de um funcionário ou as interações de um cliente com os ativos e os produtos digitais da empresa. Essas soluções de software monitoram vários fatores, como o tráfego do site, o comportamento do usuário e o desempenho do aplicativo.

Ao analisar esses dados, as organizações podem identificar áreas em que seus produtos ou serviços podem ter um desempenho inferior ou em que problemas de usabilidade podem afetar a produtividade ou a colaboração dos funcionários. Esse processo orientado por dados permite que as organizações aprimorem o desenvolvimento de seus produtos e otimizem as operações corporativas.

Por que as organizações precisam do Digital Experience Monitoring?

As organizações precisam do DEM para obter visibilidade das experiências digitais de seus funcionários ou clientes. Sem essa visibilidade, as organizações podem ignorar vulnerabilidades críticas, ter dificuldades para identificar a causa raiz quando surgem problemas e não estarem preparadas para resolver problemas urgentes.

Com uma estratégia de Digital Experience Monitoring precisa e em tempo real, as organizações podem identificar, mitigar e resolver rapidamente os possíveis problemas.

Benefícios do DEM

O Digital Experience Monitoring é uma ferramenta que as organizações usam para monitorar, personalizar e melhorar as experiências do usuário final. Algumas de suas principais funções incluem:

  • Definir e monitorar os recursos críticos da rede. As organizações podem usar o DEM para imitar fluxos de tráfego e medir e analisar fluxos controlados de dados para recursos públicos ou privados. Isso ajuda a identificar os problemas antes que eles afetem os usuários finais.
  • Entender a jornada do usuário minuto a minuto. As organizações podem obter uma visão em tempo real das visualizações de dados. Isso ajuda a destacar possíveis anomalias na conectividade ou no desempenho.
  • Economizar o tempo dos líderes de TI na resolução de problemas. A implantação de uma solução abrangente de Digital Experience Monitoring pode economizar o tempo das equipes de TI, fornecendo uma visão passo a passo dos problemas que os funcionários ou usuários finais estão enfrentando. As equipes de TI podem identificar rapidamente a causa raiz desses problemas, de modo que mais tempo e esforço podem ser dedicados à sua resolução.

A Cloudflare oferece DEM?

O Cloudflare Digital Experience Monitoring é uma ferramenta de observabilidade interna que fornece inteligência preditiva, histórica e em tempo real para manter os funcionários produtivos onde quer que estejam trabalhando. Os clientes podem se conectar à rede global da Cloudflare e equipar sua liderança de TI com a visibilidade granular para simplificar a solução de problemas e resolver questões que afetam a conectividade interna do usuário final e o desempenho do trabalho híbrido.