Balanceamento de carga para nuvem híbrida e multinuvem: como funciona

Os balanceadores de carga em nuvem híbrida e multinuvem distribuem o tráfego entre vários provedores de serviços de nuvem, não apenas entre servidores.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Diferenciar entre balanceamento de carga multinuvem e balanceamento de carga tradicional
  • Descrever os principais recursos dos balanceadores de carga em nuvem híbrida e em multinuvem
  • Explicar como o balanceamento de carga da Cloudflare distribui o tráfego

Copiar o link do artigo

O que é Balanceamento de Carga?

O balanceamento de carga é um método para distribuir o tráfego de rede global e local entre vários servidores. Ele ajuda a distribuir as cargas de trabalho do servidor com mais eficiência, acelerando a performance do aplicativo e reduzindo a latência. Os primeiros balanceadores de carga eram dispositivos de hardware físico que distribuíam o tráfego entre servidores em um data center. Os balanceadores de carga baseados em nuvem, desenvolvidos mais recentemente, distribuem o tráfego entre servidores em uma implantação em nuvem.

O que diferencia o balanceamento de carga híbrido e multinuvem do balanceamento de carga tradicional?

Muitos aplicativos hoje dependem de uma infraestrutura de multinuvem (vários provedores de nuvem pública) ou de nuvem híbrida (uma mistura de nuvem pública e nuvem privada ou data center). Em tais circunstâncias, o balanceamento de carga entre os servidores geralmente não é suficiente para aumentar a performance. A distribuição de tráfego entre nuvens e data centers é tão importante quanto a distribuição de tráfego entre servidores individuais. Uma nuvem executando muito mais carga do que outra pode aumentar os custos e reduzir a performance, mas ao distribuir as cargas de forma eficaz, isso pode ser evitado.

Como o balanceamento de carga funciona em multinuvem ou implantações híbridas?

Muitos balanceadores de carga em nuvem são criados para funcionar na infraestrutura de um provedor de serviços em nuvem, não em vários provedores de serviços. Enquanto isso, os balanceadores de carga tradicionais são baseados em hardware, o que é ineficiente para distribuir o tráfego para servidores em nuvem distantes.

Devido à natureza distribuída da computação em nuvem, o balanceamento de carga de nuvem híbrida e multinuvem deve ser independente de plataforma, baseado em software e global:

Independente de plataforma: um balanceador de carga multinuvem deve ser capaz de distribuir o tráfego independentemente da infraestrutura subjacente e dos serviços de nuvem que estão sendo usados.

Baseado em software: um balanceador de carga baseado em hardware não pode direcionar eficientemente o tráfego entre nuvens, porque o tráfego se tornaria um gargalo dentro do data center onde o balanceador de carga é executado. Por outro lado, um balanceador de carga executado em software, em vez de hardware, pode ser executado em qualquer lugar. Os balanceadores de carga multinuvem são baseados em software.

Global: as nuvens públicas são distribuídas geograficamente. Para alcançar usuários em qualquer região e fornecer tráfego para qualquer nuvem ou servidor de origem localizado em qualquer lugar, os balanceadores de carga multinuvem precisam ser capazes de direcionar o tráfego globalmente.

Devido a esses atributos, os balanceadores de carga multinuvem e balanceadores de carga de nuvem híbrida são normalmente oferecidos como um serviço em nuvem. Eles são mais eficazes quando executados em uma rede distribuída.

O balanceamento de carga da Cloudflare é compatível com multinuvem e nuvem híbrida?

O Balanceamento de Carga da Cloudflare é independente de infraestrutura: ele usa o Balanceamento de Carga Global de Servidores (GSLB) para distribuir dinamicamente o tráfego para pools de servidores íntegros, não importa onde eles estejam localizados no mundo. Saiba mais sobre o Balanceamento de Carga da Cloudflare ou sobre o GSLB.