Como a velocidade do site melhora a otimização de SEO?

A otimização da performance de um site é parte importante para garantir que um site apareça nas melhores posições nos resultados de buscas.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Explicar o que é SEO
  • Entender porque a performance do site é importante para a SEO

Copiar o link do artigo

O que é otimização SEO?

A otimização SEO, ou simplesmente SEO, é uma coleção de práticas para ajudar os mecanismos de pesquisa a determinar que tipo de informação é oferecida em um site e, por extensão, permitir que os usuários que procuram essa informação a encontrem. SEO significa "otimização de mecanismos de pesquisa".

Na prática, a SEO basicamente se resume a publicar conteúdo de qualidade e depois aproveitar ao máximo esse conteúdo, alinhando o texto com a forma como os usuários estão procurando por esse tipo de conteúdo. É muito mais do que simplesmente preencher o conteúdo com palavras-chave*. Sites otimizados para SEO têm títulos claros e diretos, cabeçalhos de seção úteis, nomes de arquivos descritivos e alt tags para imagens e hierarquias de sites fáceis de entender.

Do ponto de vista de um mecanismo de pesquisa, é importante tornar mais fácil para os usuários encontrarem as informações de que precisam, portanto, a experiência do usuário de um site é muito importante. O desempenho do site é uma grande parte da experiência do usuário. É frustrante para o usuário quando ele precisa esperar que as páginas terminem de carregar.

*O preenchimento de palavras-chave é a prática de usar palavras-chave várias vezes no conteúdo em um grau não natural, na tentativa de obter uma vantagem nos rankings dos mecanismos de pesquisa. O Google não considera mais relevante a frequência com que as palavras-chave são usadas e, às vezes, penaliza os sites por casos claros de excesso de palavras-chave.

O que são as classificações dos mecanismos de pesquisa?

Quando um usuário realiza uma busca usando um mecanismo de pesquisa, o mecanismo de busca gera uma lista de sites que são colocados em ordem do mais provável ao menos provável para preencher a consulta. Esta lista é normalmente dividida em uma série de páginas de resultados (ou SERPs) listando sites que podem responder à consulta do usuário e normalmente há 10 resultados por SERP. A maioria dos usuários não passará da primeira página de resultados de busca, optando por refinar sua busca e tentar novamente. Por esta razão, o objetivo da maioria dos especialistas em SEO é obter o site que eles estão gerenciando nos 10 principais resultados de busca para as consultas que eles estão visando.

Um site terá uma classificação mais alta ou mais baixa nos resultados do mecanismo de pesquisa, dependendo de vários fatores, incluindo a relevância para a consulta e a autoridade que o algoritmo de pesquisa considera o site. Ao otimizar um site para pesquisa, os proprietários de sites podem garantir que seu conteúdo apareça o mais alto possível nas classificações de pesquisa, aumentando a probabilidade de os usuários clicarem.

CTR do Google e posições de pesquisa

No Ocidente, o Google domina o mercado de mecanismos de pesquisa e, por causa disso, os algoritmos do Google são em grande parte o que determina as melhores práticas de SEO. Na América do Norte, o Google tem cerca de 90% de todas as buscas, com as buscas do Bing e do Yahoo ocupando a maior parte do restante do mercado. No entanto, em outras partes do mundo, outros mecanismos de busca dominam; por exemplo, o Baidu é o principal mecanismo de busca na China.

Quanto a velocidade do site afeta a SEO?

Em 2010, o Google anunciou que a velocidade do site seria fatorada em suas classificações de pesquisa. Desde então, o desempenho do site se tornou mais influente e a otimização para o desempenho agora é uma grande parte da otimização SEO. Em seu anúncio inicial da velocidade do site como fator de classificação, o Google enfatizou a perspectiva do usuário e como um site lento afeta negativamente a experiência do usuário. O Google também apontou que os usuários eram menos propensos a permanecer em sites que carregavam lentamente. (Isto implicaria que os usuários eram menos propensos a ficar tempo suficiente para ter sua consulta respondida).

O Google não revela detalhes sobre seus algoritmos de busca, então é difícil quantificar exatamente o quanto a velocidade do site afeta a SEO. No entanto, a usabilidade do site e a experiência geral do usuário são certamente cruciais, especialmente para dispositivos móveis e a própria pesquisa do Google mostrou que 53% dos sites para dispositivos móveis são totalmente abandonados se demorarem mais de 3 segundos para carregar.