Registro DNS NS

O registro NS indica qual servidor DNS é autoritário.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Definir os registros no NS
  • Explicar quando os registros no NS devem ser atualizados

Copiar o link do artigo

O que é um registro de DNS NS?

NS significa "nameserver", e o registro no nameserver indica qual servidor de DNS é autoritativo para o domínio em questão (por exemplo, qual servidor contém os registros de DNS reais). Basicamente, os registros no NS dizem à internet onde encontrar o endereço de IP de um domínio. Um domínio com frequência apresentará diversos registros de NS que indicam os nameservers primário e secundário para o domínio em questão. Sem registros no NS adequadamente configurados, os usuários não irão conseguir carregar um site ou aplicativo.

A seguir um exemplo de um registro no NS:

exemplo.com tipo de registro: valor: TTL
@ NS ns1.exampleserver.com 21600

Vale notar que os registros no NS nunca podem apontar para um registro de nome canônico (CNAME).

O que é um nameserver?

O nameserver é um tipo de servidor de DNS. Trata-se do servidor que armazena os registros de DNS de um domínio, incluindo os registros A, os registros MX ou os registros CNAME.

Quase todos os domínios utilizam vários nameservers para aumentar sua confiabilidade: se um nameserver ficar inativo ou estiver indisponível, as consultas de DNS poderão ir para um outro. De modo geral, existe um nameserver primário e vários nameservers secundários, que armazenam cópias exatas dos registros de DNS no servidor primário. Uma atualização do nameserver primário também irá deflagrar uma atualização dos nameservers secundários.

Quando diversos nameservers são utilizados (como ocorre na maioria dos casos), os registros no NS devem estar listados em mais de um servidor. Saiba mais sobre servidores de DNS.

Quando os registros no NS precisam ser atualizados ou alterados?

Os administradores do domínio precisam atualizar seus registros no NS quando for preciso alterar os nameservers do domínio. Por exemplo, alguns provedores de nuvem fornecem nameservers e exigem que seus clientes apontem para eles.

Os administradores também podem querer atualizar seus registros no NS se quiserem que um subdomínio use nameservers diferentes. No exemplo acima, o nameserver do domínio exemplo.com é ns1.exampleserver.com. Se quisesse que o subdomínio blog.exemplo.com fosse resolvido por meio do ns2.exampleserver.com, o administrador do domínio exemplo.com poderia fazer essa configuração atualizando o registro no NS.

Quando os registros no NS são atualizados, pode levar várias horas para que as alterações sejam replicadas em todo o DNS.