O que é aprisionamento tecnológico? | Aprisionamento tecnológico e computação em nuvem

A dependência do fornecedor é quando alguém é essencialmente obrigado a continuar usando um produto ou serviço independentemente da qualidade, porque mudar de produto ou serviço não é prático.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Defina a dependência do fornecedor
  • Entenda por que a dependência do fornecedor é um risco na computação em nuvem
  • Explore formas de mitigar os riscos da dependência do fornecedor

Copiar o link do artigo

O que significa aprisionamento tecnológico?

O aprisionamento tecnológico se refere a uma situação em que o custo de se trocar um fornecedor por outro diferente é tão alto que o cliente fica basicamente preso ao fornecedor original. Devido a pressões financeiras, a uma força de trabalho insuficiente ou à necessidade de evitar interrupções nas operações comerciais, o cliente fica "preso" ao que pode ser um produto ou serviço inferior.

Imagine que um escritório tem café trazido por um fornecedor de café, e esse fornecedor precisa de máquinas de café específicas no escritório que só ele vende. Agora imagine que há uma queda acentuada na qualidade do café que esse fornecedor oferece. Mudar para um novo fornecedor de café significaria que as máquinas antigas que foram compradas se tornariam inúteis, já que a mudança provavelmente exigiria a compra de novos equipamentos para fazer café. Devido ao incômodo e à despesa adicional para substituir cada máquina de café, os trabalhadores do escritório ficariam efetivamente "presos" ao seu acordo com seu antigo fornecedor e seriam forçados a beber café de qualidade inferior.

Um exemplo do mundo real de aprisionamento tecnológico foi a forma como a Apple forçou os consumidores a usarem o iTunes nos primeiros dias do serviço, porque a música comprada via iTunes só podia ser reproduzida no aplicativo iTunes ou em um iPod.

O que é o aprisionamento tecnológico na computação em nuvem?

aprisionamento tecnológico da nuvem

Na computação em nuvem, determinada quantidade de softwares ou de infraestrutura de computação é terceirizada para um fornecedor de nuvem, que os oferece como serviço e os fornecem por meio da internet. Por exemplo, os servidores hospedados na nuvem são uma Infraestrutura como serviço (IaaS) e os aplicativos hospedados na nuvem são Softwares como serviço (SaaS).

Às vezes, uma empresa pode se encontrar presa a um determinado provedor de nuvem. O aprisionamento tecnológico pode se tornar um problema na computação em nuvem porque é muito difícil migrar bancos de dados depois que eles são criados, especialmente em uma migração para a nuvem, que envolve a migração de dados para um tipo de ambiente totalmente diferente, podendo envolver também a reformatação dos dados. Além disso, quando um software de terceiros é incorporado aos processos de uma empresa, a empresa pode se tornar dependente desse software.

Por que o aprisionamento tecnológico é uma preocupação?

Uma série de circunstâncias pode afetar negativamente uma empresa se ela estiver presa a um determinado fornecedor de nuvem:

  • Se a qualidade do serviço de um fornecedor diminuir, ou nunca atingir um limite desejado para começar, o cliente ficará preso a ele
  • O fornecedor também pode alterar drasticamente suas ofertas de produtos de tal forma que eles não atendam mais às necessidades de uma empresa
  • Um fornecedor pode sair totalmente do negócio
  • Por último, um fornecedor pode impor enormes aumentos de preço para o serviço, sabendo que seus clientes dependem deles

Em geral, deixar uma tecnologia fundamental e essencial para os negócios nas mãos de um fornecedor externo não é fácil para nenhuma empresa, e requer um alto grau de confiança no fornecedor.

Como as empresas podem evitar os riscos de aprisionamento tecnológico?

  • Avalie cuidadosamente os serviços em nuvem: As empresas devem fazer uma pesquisa rigorosa sobre um fornecedor de nuvem antes de assumir um compromisso, de preferência com a implantação de uma prova de conceito para ter certeza de que o nível de serviço do fornecedor é suficiente.
  • Garantir que os dados possam ser migrados facilmente: As empresas que utilizam computação em nuvem devem fazer um esforço para manter a portabilidade de seus dados, ou para manter seus dados fáceis de serem migrados de um ambiente para outro. Elas podem fazer isso parcialmente definindo claramente seus modelos de dados e mantendo os dados em formatos que possam ser utilizados em várias plataformas, em vez de formatos específicos de um determinado fornecedor.
  • Backups: Manter backups internos de todos os dados ajuda uma empresa a estar preparada para hospedar os dados em outro lugar se for muito difícil ou demorado extraí-los do serviço de nuvem (assim como fornecer alguma proteção contra ransomwares).
  • Estratégia de multinuvem ou de nuvem híbrida: uma abordagem multinuvem incorpora vários provedores de nuvem, reduzindo a dependência de qualquer fornecedor único. Em uma nuvem híbrida, alguns dados permanecerão sob o controle direto de uma organização, seja em uma nuvem privada ou armazenados localmente.

Como a Cloudflare ajuda a mitigar o aprisionamento tecnológico?

Operar na nuvem é obrigatório para a maioria das empresas modernas. A Cloudflare ajuda a evitar que as empresas se tornem muito dependentes de qualquer provedor de nuvem.

O Cloudflare independe da infraestrutura: a pilha de produtos da Cloudflare pode ser implantada na frente de qualquer tipo de infraestrutura, com qualquer provedor de nuvem ou com uma combinação de provedores (incluindo implantações de multinuvem e de nuvens híbridas). Com o Cloudflare implantado, uma empresa não depende dos provedores de infraestrutura de nuvem para o desempenho, a confiabilidade e os serviços de segurança, e eles podem migrar facilmente entre os provedores de nuvem enquanto continuam oferecendo serviços rápidos e confiáveis aos clientes.