O que é uma nuvem de conectividade? | Definição de nuvem de conectividade

Uma nuvem de conectividade é uma plataforma em nuvem unificada que oferece conectividade any-to-any segura e rápida entre redes (empresariais e de internet), em ambientes no local/data center, nuvens, aplicativos e usuários.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Definir uma nuvem de conectividade
  • Descrever os benefícios e os componentes de uma nuvem de conectividade
  • Explorar exemplos de casos de uso de nuvem de conectividade

Copiar o link do artigo

O que é uma nuvem de conectividade?

Ambientes no local, em nuvem, de software como serviço (SaaS) e de internet pública são intrinsecamente diferentes, e as ferramentas usadas para conectá-los e protegê-los normalmente adicionam mais complexidade Uma nuvem de conectividade é uma plataforma unificada de serviços nativos de nuvem que simplifica a conectividade segura “any-to-any” em ambientes de TI. Por sua vez, isso ajuda as organizações a recuperar o controle e a visibilidade de seus domínios digitais em expansão.

Para entender uma nuvem de conectividade em ação, pense em uma empresa de varejo hipotética: a Acme Inc. A Acme tem escritórios em vários países e ela emprega milhares de pessoas, algumas das quais trabalham parcial ou totalmente remotas e outras são prestadores de serviços. A Acme opera centenas de lojas físicas e sites de comércio eletrônico em diferentes idiomas. As operações multinacionais e a força de trabalho híbrida da Acme fazem com que a conectividade segura em uma variedade de locais, dispositivos, aplicativos e infraestrutura seja cara e complexa. No entanto, com uma nuvem de conectividade, a Acme pode proteger e conectar com eficiência todos os seus ambientes digitais em uma única plataforma.

Embora cada ambiente de TI corporativa inclua ferramentas, processos e configurações arquitetônicas altamente específicos, uma plataforma de nuvem de conectividade se adapta às necessidades exclusivas de uma organização e, ao mesmo tempo, proporciona uma experiência do usuário consistente. Isso proporciona aos líderes de tecnologia um plano de controle personalizável para todo o seu ambiente, independentemente de onde estejam seus funcionários, aplicativos ou dados.

Quais desafios as nuvens de conectividade resolvem?

As responsabilidades de muitos tomadores de decisão de TI e segurança aumentaram significativamente e se tornaram mais complexas nos últimos anos. Espera-se que os líderes de tecnologia suportem uma ampla gama de responsabilidades, tais como:

  • Proteger o acesso remoto a aplicativos e dados.
  • Gerenciar várias nuvens, redes e fornecedores.
  • Implementar políticas consistentes de TI e segurança em sistemas diferentes.
  • Promover a consistência e o desempenho da tecnologia para forças de trabalho distribuídas

As empresas que tentam atender a essas demandas por meio de uma combinação de várias nuvens, soluções únicas e hardware no local podem se deparar com novos problemas: menos controle sobre seus ambientes de TI, aumento da superfície de ataque, dificuldade em manter a produtividade, aumento dos custos com fornecedores e desafios para atender aos requisitos de conformidade de dados.

Antes de uma nuvem de conectividade, as empresas enfrentam uma complexa expansão da infraestrutura de TI e segurança

As nuvens de conectividade aliviam essas lacunas no cenário de TI e segurança e proporcionam às organizações melhor controle e visibilidade sobre aplicativos, usuários, redes e dados.

Um modelo de nuvem de conectividade simplifica a conectividade e a segurança entre aplicativos, usuários, redes e dados

Quais são alguns casos de uso de uma nuvem de conectividade?

Desenvolvimento e testes ágeis

As organizações que adotam a modernização digital lançam continuamente novos recursos digitais e experiências de aplicativos de internet. Mas engenheiros e gerentes de web correm o risco de ficar sobrecarregados com o dimensionamento de aplicativos, a integração de segurança e desempenho e outras tarefas de implantação que consomem muito tempo. Com uma nuvem de conectividade, essas considerações são integradas ou totalmente automatizadas. Dessa forma, o trabalho pesado de melhorar constantemente a segurança e o desempenho dos aplicativos é "terceirizado" para uma nuvem de conectividade, para que os desenvolvedores possam se concentrar na criação e no teste de aplicativos.

Implementação do SASE

As empresas globais com operações multinacionais e forças de trabalho híbridas são particularmente vulneráveis à perda de controle e visibilidade de TI. Estabelecer conectividade segura em vários locais, dispositivos, aplicativos e infraestrutura pode rapidamente se tornar uma perda de tempo. Com uma nuvem de conectividade, as organizações podem proteger e conectar todos os seus componentes de rede em uma única plataforma, sem integrações complexas e soluções alternativas, talvez de acordo com a abordagem de serviço de acesso seguro de borda (SASE).

Aplicativo e infraestrutura seguros e rápidos

As grandes empresas podem ter vários sites internos ou externos para suas diversas marcas e regiões, além de várias interfaces de programação de aplicativos (APIs) que conectam esses sites a serviços essenciais de terceiros. Com uma nuvem de conectividade, elas podem rastrear todas os tipos de ameaças em um único local e aplicar novas proteções e alterações de políticas em todo o portfólio.

Quais são os componentes arquitetônicos de uma nuvem de conectividade?

Muitas plataformas baseadas em nuvem oferecem segurança, rede ou serviços para desenvolvedores em nuvem. Mas, quando essas plataformas não atendem casos de uso essenciais ou não oferecem conectividade fácil a todos os domínios do ambiente de TI, elas podem se tornar outro silo de TI.

Para ajudar a conectar tudo e todos no ambiente digital de uma organização, as nuvens de conectividade oferecem as seguintes qualidades arquitetônicas:

  • Integrações profundas com todas as redes. A internet pública e várias outras redes empresariais são grandes componentes da “expansão” da TI corporativa. Uma nuvem de conectividade é integrada nativamente a todas as redes, tanto empresariais quanto da internet, oferecendo conectividade segura, de baixa latência e escalável. Ela oferece controle completo desde a origem da solicitação na rede até o destino do recurso.
  • Arquitetura combinável e programável. Toda empresa tem uma arquitetura de TI e segurança existente, à qual uma nuvem de conectividade deve dar suporte. Para isso, as nuvens de conectividade fornecem interoperabilidade programável por API com sistemas no local ou em nuvem existentes e rede personalizável.
  • Inteligência de plataforma integrada. Uma nuvem de conectividade tem uma ampla gama de funções integradas de segurança, desempenho, privacidade de dados e conformidade que reduzem as compensações de TI. Ela é capaz de analisar volumes extremamente altos de tráfego da internet para atualizar modelos automaticamente e fornecer inteligência de rede multifuncional junto com inteligência contra ameaças multifuncional.
  • Interface unificada e simplificada. Uma nuvem de conectividade fornece um plano de controle para todos os serviços executados em todos os servidores. Isso reduz a proliferação de ferramentas ineficientes, a sobrecarga do painel e a fadiga de alertas.

Quais são os benefícios de uma nuvem de conectividade?

Noventa e oito por cento dos tomadores de decisão de TI pesquisados concordam que as empresas ganhariam valor com uma nuvem de conectividade que fornecesse conectividade segura, de alto desempenho e “any-to-any” (ou seja, conectividade entre mais pessoas, aplicativos, dados, dispositivos, redes e nuvens). Além disso, quase metade dos tomadores de decisão de TI acredita que esse tipo de solução aceleraria a transformação digital.

Outros benefícios importantes de uma nuvem de conectividade incluem:

  • Maior visibilidade, desempenho e escala à medida que as organizações se conectam entre nuvens(IaaS, PaaS, SaaS), redes e usuários conectados à internet.
  • Integração mais rápida de funcionários graças a atualizações simplificadas de políticas, criação de contas de usuário e outras tarefas diárias de segurança.
  • Tempo de lançamento no mercado mais rápido com desenvolvimento e entrega de aplicativos mais eficientes.
  • Risco organizacional reduzido com proteções integradas contra ameaças entre usuários, nuvens, aplicativos e redes.
  • Alinhamento mais rígido com os requisitos de conformidade, privacidade e soberania de dados.
  • Redução dos custos e da complexidade de TI, permitindo a consolidação de fornecedores e diminuindo as taxas de saída de dados.

Como a abordagem de nuvem de conectividade é diferente de conectividade em nuvem ou das soluções de rede?

Uma nuvem de conectividade é fundamentalmente diferente de outras soluções baseadas em nuvem de várias maneiras:

  • As nuvens públicas ou privadas oferecem menos agilidade quando se trata de transferir dados para outras plataformas ou de "misturar e combinar" soluções entre nuvens (por exemplo, integrar a rede de distribuição de conteúdo de uma nuvem pública com o armazenamento de objetos de uma nuvem privada).
  • As redes tradicionais (incluindo soluções SD-WAN ou MPLS ) não adicionam novos serviços de forma unificada ou programável. Em geral, elas oferecem novas soluções como serviços complementares, em vez de integrados.
  • As "plataformas" de rede geralmente são uma coleção de serviços diferentes que são apresentados como um sistema unificado. Esses serviços podem ser acessados por meio de um único painel (ou até mesmo uma combinação de diferentes IUs), mas, no back-end, determinados recursos da plataforma podem estar disponíveis apenas em determinados locais ou podem ser executados em uma infraestrutura híbrida de nuvem pública/privada, o que pode aumentar a latência e a complexidade. Serviços diferentes podem exigir integrações complexas e a compatibilidade com aplicativos relacionados pode ser inconsistente.
  • Nuvens especializadas, incluindo fornecedores de SaaS que se concentram em uma solução única (por exemplo colaboração baseada em nuvem), podem ou não oferecer suporte a ambientes multinuvem e não são capazes de executar serviços de computação e segurança de maneira combinável e unificada.
  • As arquiteturas não nativas de nuvem (incluindo as arquiteturas híbridas) não podem garantir que todos os serviços sejam sempre consistentes, estejam disponíveis e sejam independentes de locais no local ou de provedores de nuvem.

Como implementar uma nuvem de conectividade

A Cloudflare é a nuvem de conectividade líder mundial, uma plataforma unificada e programável de serviços de segurança e conectividade em uma rede global que abrange mais de 310 cidades. Ela permite que as organizações tornem seus funcionários, aplicativos e redes mais rápidos e seguros em qualquer lugar, ao mesmo tempo que reduz a complexidade e os custos.

Com uma nuvem de conectividade alimentada por uma rede em nuvem global inteligente e programável, a Cloudflare ajuda as empresas a conectar, gerenciar, proteger e acelerar seu tráfego e aplicativos. Saiba mais sobre a nuvem de conectividade da Cloudflare.