O que é um bot de redes sociais? | Definição de bot de redes sociais

Os bots de redes sociais são contas de redes sociais automatizadas. Alguns são benevolentes, mas a maioria é usada para fins maliciosos e manipuladores.

Objetivos de aprendizado

Após ler este artigo, você será capaz de:

  • Entender o que são bots de redes sociais
  • Explicar as diferenças entre um bot de redes sociais e um chatbot
  • Relacionar alguns objetivos comuns dos bots de redes sociais
  • Descrever estratégias para identificar os bots de redes sociais

Conteúdo relacionado


Quer saber mais?

Inscreva-se para receber artigos de aprendizado sobre segurança da Cloudflare.

Consulte a política de privacidade da Cloudflare para saber como coletamos e processamos seus dados pessoais.

Copiar o link do artigo

O que é um Bot de Rede Social?

De um modo geral, os bots de redes sociais são programas automatizados usados para se envolver em redes sociais. Esses bots se comportam de maneira parcial ou totalmente autônoma e costumam ser projetados para imitar usuários humanos. Embora existam bots de redes sociais benevolentes, muitos bots de redes sociais são usados de maneiras desonestas e nefastas. Algumas estimativas sugerem que esses bots maliciosos constituem uma porcentagem considerável de todas as contas nas redes sociais.

Qual é a diferença entre um bot de redes sociais e um chatbot?

Embora esses termos às vezes sejam usados da mesma forma, chatbots são bots que podem manter uma conversa de forma independente, enquanto os bots de redes sociais não precisam ter essa capacidade. Os chatbots são capazes de responder à entrada do usuário, mas os bots de redes sociais não precisam “saber” como conversar. Na verdade, muitos bots de redes sociais não se comunicam usando a linguagem de forma alguma; eles apenas realizam interações mais simples, como fornecer "seguir" e "curtir".

Os bots de redes sociais também existem em uma escala muito maior do que os chatbots, devido ao nível de gerenciamento humano necessário. Um chatbot geralmente requer uma pessoa ou até mesmo uma equipe de pessoas para manter sua funcionalidade. Por outro lado, os bots de redes sociais são muito mais simples de gerenciar e, muitas vezes, centenas ou mesmo milhares de bots de redes sociais são gerenciados por uma única pessoa.

Para que são usados os bots de redes sociais?

Alguns bots de redes sociais fornecem serviços úteis, como atualizações meteorológicas e placares esportivos. Esses bots de redes sociais "bons" são claramente identificados como tal e as pessoas que interagem com eles sabem que são bots. No entanto, um grande número de bots de redes sociais são bots maliciosos disfarçados de usuários humanos.

Os bots maliciosos de redes sociais podem ser usados para uma série de fins:

  • Ampliar artificialmente a popularidade de uma pessoa ou de um movimento: uma pessoa ou organização com milhões de seguidores nas redes sociais pode ser vista como importante ou influente. Um caso de uso primário de bots de redes sociais é aumentar a popularidade aparente de outras contas. Esses bots seguidores podem ser comprados e vendidos no mercado negro, com bots mais convincentes alcançando um preço mais alto.
  • Influenciar eleições: um estudo da First Monday, um jornal revisado por pares, descobriu que no dia anterior à eleição presidencial dos EUA em 2016, até 20% da discussão política nas redes sociais foi gerada por cerca de 400.000 bots de redes sociais.
  • Manipular os mercados financeiros: os bots de redes sociais também podem ser usados para influenciar os mercados financeiros. Por exemplo, contas de bots podem inundar as redes sociais com notícias fabricadas, boas ou más, sobre uma empresa, em uma tentativa de manipular a direção dos preços das ações.
  • Amplificar ataques de phishing: os ataques de phishing dependem de um invasor ganhar a confiança de sua vítima. Seguidores falsos de redes sociais e engajamento social podem ajudar a convencer a vítima de que o golpista é confiável.
  • Espalhar spam: os bots de redes sociais costumam ser usados para fins de publicidade ilícita, enviando spam para a web social com links para sites comerciais.
  • Impedir a liberdade de expressão: durante o movimento da Primavera Árabe de 2010-2012, agências governamentais usaram bots do Twitter para sobrecarregar os feeds de redes sociais Esses bots foram usados para derrubar deliberadamente as mensagens de manifestantes e ativistas.

Quantas contas de redes sociais são, na verdade, bots de redes sociais?

Os executivos do Twitter testemunharam perante o Congresso que até 5% das contas do Twitter são operadas por bots. Especialistas que aplicaram logaritmos projetados para detectar o comportamento de bots descobriram que o número pode estar perto de 15%. Esse número provavelmente se aplica a outras plataformas sociais também.

Não é fácil determinar exatamente quantas contas de redes sociais são contas de bots, uma vez que muitos dos bots são projetados para imitar contas humanas. Em muitos casos, os humanos não conseguem diferenciar as contas de bots de contas humanas legítimas.

Como você pode diferenciar um bot de redes sociais de um usuário real?

Embora alguns bots de redes sociais obviamente exibam comportamento não humano, não há maneira infalível de identificar contas de bots mais sofisticadas. Um estudo da University of Reading School of Systems Engineering descobriu que 30% das pessoas no estudo poderiam ser enganadas e acreditar que uma conta de bot de rede social era administrada por uma pessoa real.

Em alguns casos, pode ser muito difícil detectar um bot. Por exemplo, alguns bots usam contas de usuários reais que foram previamente sequestradas por um invasor. Essas contas de bots sequestradas têm imagens, histórico de postagens e redes sociais muito convincentes. Na verdade, até mesmo uma conta não sequestrada pode criar uma rede social real: um estudo descobriu que um em cada cinco usuários de redes sociais sempre aceita solicitações de amizade de estranhos.

Embora alguns dos bots de redes sociais mais avançados possam ser difíceis de detectar até mesmo para especialistas, existem algumas estratégias para identificar algumas das contas de bots menos sofisticadas. Isso inclui:

  • Executar uma pesquisa reversa de imagens na foto do perfil para ver se eles estão usando a foto de outra pessoa tirada da web.
  • Pesquisar o horário de suas postagens. Se eles postarem em horários que não correspondem ao seu fuso horário ou se fizerem postagens a cada poucos minutos todos os dias, isso indica que a conta é automatizada.
  • Usar um serviço de detecção de bots, como botcheck.me, que usa aprendizado de máquina para detectar o comportamento de bots. O gerenciamento de bots da Cloudflare e o modo de supercombate a bots também usam aprendizado de máquina para identificar bots.

Como parar os bots de redes sociais

Não existe uma maneira fácil de se livrar de bots de redes sociais maliciosos. Embora algumas pessoas estejam exigindo que as plataformas de redes sociais apliquem requisitos mais rigorosos para a criação de contas, as plataformas sociais hesitam em fazer isso porque:

  • Isso pode evitar que alguns usuários legítimos se inscrevam e as empresas de redes sociais usam o número de contas de usuário como medida de seu sucesso.
  • Para ativistas e manifestantes sob regimes opressores, a capacidade de manter algum anonimato ao criar uma conta nas redes sociais pode ser necessária para a sua sobrevivência.
  • Uma vez que não existe um teste perfeito para determinar entre bots e usuários reais, requisitos mais rígidos para a criação de contas podem causar transtornos aos usuários reais, embora não interrompam os bots com sucesso. Por exemplo, é debatido se os CAPTCHAs são ou não um bom impedimento contra bots, mas eles certamente são eficazes em incomodar os humanos.

Embora as redes sociais possam habilitar soluções de gerenciamento de bots para bloquear alguns dos bots, os usuários precisam estar atentos nas redes sociais, pois os bots de redes sociais são um problema constante.